Um senhor chopp na Rua da Hora

Quem me conhece sabe que eu sou um adorador de chopp. Gosto tanto que já cogitei a possibilidade de montar uma choppeira em casa. Mas não consegui. Ainda.
Foi com esse sentimento e a sede como guia que cheguei ao Sr. Chopp.

Não tem placa na frente, mas dá pra achar.

Não tem placa na frente, mas dá pra achar.

De cara, gostei do fato de ele oferecer estacionamento. Por ficar localizado na Rua da Hora, uma das piores ruas para parar carro do Grande Recife, isso é um diferencial decisivo na hora da escolha do botequim para o happy-hour.

Se for dirigir, não beba.

Se for dirigir, não beba.

Mas assim que desci do carro minhas expectativas para a noite caíram vertiginosamente: dei de cara com o fantasma da música ao vivo. Eu sei que isso é uma coisa bastante pessoal e que existem loucos pessoas que adoram, mas não posso deixar de avaliar isso com um fator negativo do local.

Música - argh - ao vivo.

Música - argh - ao vivo.

Mas vamos em frente.

O bar tem dois espaços. Um na lateral e ao ar-livre, perfeito para os amantes do tabaco e outro interno e climatizado.
Entramos e a decoração logo me chamou a atenção. Ela é toda montada com pôsteres e quadros antigos de produtos da Ambev. Isso dá ao local um ar de boteco que me agrada demais.

Decoração de primeira.

Decoração de primeira.

Escolhemos uma mesa curiosa. Ela era feita de madeira e os assentos eram antigos barris de chopp com uma almofada por cima para as pessoas sentarem.
Apesar de ser legal, a mesa era muito baixa em relação ao assento e a gente acabou ficando curvado, o que fez a gente mudar para uma mesa mais ortodoxa.

Mesa diferente, mas desconfortável.

Mesa diferente, mas desconfortável.

Pedimos um cardápio e, de acompanhamento, uma rodada de chopp Brahma (R$4,50 cada). Eles também oferecem, no campo da cevada, Malzbier (R$4,50), Brahma Extra (R$5,50), Budweiser (R$5,50) e Stella Artois (R$5,50). Todas long-neck. De 600ml só a Antarctica Original que sai por R$7,50.
Falando no cardápio, ele é muito legal, claramente inspirado no Pasquim

O Pasquim da Brahma

O Pasquim da Brahma

Enquanto a gente escolhia um petisco mais substancial, pedimos caldinhos.
Eu fui no de jerimum com charque (R$4,50) e achei bem mais ou menos. Também pediram o de feijão (R$4,50), que, segundo relatos, estava mais pra lá do que pra cá.

Caldinho nhén.

Caldinho nhén.

Confabulamos e decidimos pedir um Camarão ao Chopp (R$22,90), que é um tempurá de camarão feito com massa especial de chopp, acompanhado de molho agridoce.
Estava excelente e também veio com mais duas opções de molho: alho e ervas.

O melhor molho é o de alho.

O melhor molho é o de alho.

Enquanto a gente conversava besteira e falava um da mãe do outro (conversa básica de homem em mesa de bar), deu pra perceber que o Sr. Chopp recebe bem vários tipos de pessoas/grupos.
Tinha a mesa do pessoal que saiu direto do trabalho para o happy-hour, tinham casais em busca de um local de qualidade para namorar e tinham as mesas com homens capturados pelas 5 TVs de alta definição passando futebol que o lugar oferece.

Joguinho com chopp.

Joguinho com chopp.

Mais chopps circularam pela mesa e decidimos pedir mais um petisco.
O escolhido foi o Samosa, pasteizinhos indianos picantes. A porção, que tem 8 unidades, sai por justos R$12,90.
Por ser apimentado, os pasteizinhos dividiram opiniões na mesa. Eu achei muito bom, mas teve gente que só conseguiu dar uma mordida. Se você não tem problema com comida apimentada, pode pedir que eu garanto.

Pastéis indianos.

Pastéis indianos.

Quem bebe sabe que ir ao banheiro é uma parte fundamental de uma noite etílica. E até o banheiro do Sr. Chopp é decorado com o tema. A maçaneta da porta é uma torneira de chopp e o lixeiro do banheiro é um barril.
Muito bem bolado.

Para engordar um pouco mais, pedimos uma porção de bolinho de bacalhau.
Demorou.
Demorou.
Demorou mais um pouco e o garçom veio explicar que a cozinha não tava conseguindo fritar o bolinho porque eles (os bolinhos) estavam se dissolvendo. Eu hein.
Mas o garçom, sempre solicito, ofereceu uma porção de bolinhos de charque (oito unidades por caros R$22,90). Mesmo sendo um pouco salgados, financeiramente falando, os bolinhos estavam muito bons, como todas as comidas que pedimos na noite.
Tirando o caldinho. Blergh.

Bolinho de charque esperto.

Bolinho de charque esperto.

Pra fechar a noite com chave de ouro, rolou um apagão em um pedaço do Brasil e que deixou o bar no escuro.
Mostrando um excelente treinamento da equipe e organização, o bar não paralisou as atividades e continuou servindo os clientes normalmente, depois de espalharem lanternas por todo o estabelecimento, é claro.
Só que chegou uma hora que não deu mais, né? Aí o gerente foi de mesa em mesa explicando que não tinha mais como oferecer um atendimento de qualidade e que eles estavam fechando a casa. Ponto pra eles.

Tudo escuro, mas o chopp continuou gelado.

Tudo escuro, mas o chopp continuou gelado.

Resultado: bar aprovado com louvor e merecedor do meu retorno.
Podem chegar por lá que eu garanto que vocês não vão se arrepender.

Sr. Chopp

Rua da Hora, 885. Espinheiro, Recife/PE.

81 3465-3230

Horário de funcionamento:
De domingo à domingo, das 12h à 1h.

Aceita todos os cartões

Site do Sr. Chopp


Exibir mapa ampliado

About Paulo Cabral

twitter.com/paulocabral
This entry was posted in Bares, Cerveja, Dicas, MENU, Petiscos, Zona Norte and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

5 Responses to Um senhor chopp na Rua da Hora

  1. Henrique says:

    O melhor foi o apagão, que acabou com a música ao vivo.
    E o camarão.

  2. Sergio says:

    O problema da música ao vivo é que sempre recaem na boa, MAS ANTIGA E DECADENTE, MPb. Se os animadores noturnos se concentrassem em focar na nova MPB, com cantores como Céu, Diego Moraes, Teatro Mágico, etc., e no poprock internacional (Keane, ColdPlay, etc.), com certeza a noite seria mais agradável.

  3. Marivete says:

    Como Paulo Cabral merece crédito vou visitar o bar nos próximos dias :)
    Valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>